Quem é Mia?

Nome: Mia Coldheart

Aniversário: 21 de Agosto

Onde mora: Estocolmo

Hobbies: Música, andar a cavalo, pintar, treinar, cozinhar, contato com a natureza.

Como começou na música: comecei cantando música clássica num coral da escola quando eu tinha 10 anos, mas não era tão divertido. Ganhei um acordeão, não foi minha escolha, mas aprendi a tocar. Então descobri a guitarra quando eu tinha 14 anos, e comecei a aprender as músicas da banda Nirvana e formei a minha primeira banda com amigos da escola. Depois que essa banda acabou, eu fiquei tocando com alguns grunges e em algumas bandas trash até eu fundar CB em 2000 – o resto vocês já sabem.

O que te faz rir: Pássaros, eles são engraçados.

Momento marcante com Crucified Barbara: Difícil escolher apenas um, mas ir para a América do sul nesse ano foi realmente uma grande aventura e um ótimo sucesso; público maravilhoso todas as noites e mal posso esperar para voltar novamente!

Música favorita da banda CB: No momento é ‘Rock Me Like the Devil’, gosto da música e é muito divertido tocar ao vivo.

Música favorita da banda Crucified Barabra: No momento é ‘Rock Me Like the Devil’, gosto da música e é muito divertido tocar ao vivo.

Banda/músicos favoritos: Isso parece estranho, mas, talvez, quando venho pra casa depois das turnês, eu não escuto muito rock. Então, no momento, estou preferindo uma cantora e compositora Dinamarquesa chamada Tina Dico. As músicas dela me deixam de bom humor quando estou em casa, me ajuda a relaxar e me inspira ao mesmo tempo. Minha música favorita dela é: ‘Head Shop’, confira! É uma música linda!

Bebida favorita: Cerveja Tijock Hult, água.

Comida favorita: Eu prefiro comida vegetariana, amo pimenta e comida picante!

Animal favorito: Eu amo todos os animais! Mas passo a maior parte do tempo com cavalos!

Filosofia de vida: Viva agora!

Alguma história engraçada?
Na última turnê na Espanha fui para a cama cedo depois de cada show mas, quando fizemos o último show, fomos para uma festa em Barcelona, e acabou numa casa noturna chique e dançamos ‘Swedish House Mafia’ até às 5hs da manhã.

Quando você começou a tocar?
Comecei a tocar guitarra quando eu tinha 14 anos e comecei a cantar Rock quando a primeira vocalista da banda CB deixou a banda bem antes de gravar o nosso primeiro álbum! Em 2003.

Com quem você gostaria de tocar?
Alice In Chains!

Algum projeto paralelo ou dueto?
Eu tenho feito algumas participações há alguns anos. Um dos meus favoritos tem sido com uma ótima banda, Superchager, da Dinamarca – Confira essa banda! Eu também canto num projeto de uns amigos chamado: Minors Outfit, com um dos membros da banda Supercharger. Também canto uma música na banda italiana, Fake Idols, no álbum que vai lançar. Então, tenho planos de gravar algumas das minhas próprias músicas, tenho músicas desde quando eu tinha 16 anos e nunca gravei! Espero encontrar algum tempo para isso, talvez futuramente também.

Equipamentos: Gibson Flying V, Mesa boogie Rectifier

Lugares que você nunca esteve e que gostaria de tocar: Eu queria ir para os Estados Unidos e está se realizando agora, então espero tocar no Japão.

Outro instrumento que você toca: Eu toco um pouco de acordeão.

Pior lembrança de alguma turnê ou show: As piores lembranças são sempre minhas próprias roupas fedidas e molhadas que tenho que levar pra casa de todas as turnês!

Se você não tivesse se tornado uma musicista profissional o que você seria?
Difícil dizer, tenho muitos interesses, mas, se eu pudesse escolher uma carreira agora, me mudaria para o país ao lado e me tornaria uma pintora ou, talvez, uma fazendeira. Amo estar próximo da natureza. Então eu teria escolhido uma maneira muito estranha de viver, pensando nisso!


Como você escolheu seu nome artístico?
Escolhi um nome que se adequasse a mim no momento, no começo de 2000. Eu era um pouco coração frio em meus relacionamentos, então pensei que esse seria um bom nome. Era difícil deixar as pessoas se aproximarem e eu achava que relacionamentos não eram para mim, mesmo se eu estivesse em algum! Agora mudei bastante desde então, tenho um coração quente, mas eu mantenho o meu nome como uma lembrança, para o bem ou para o mal.

Publicités

Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion / Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion / Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion / Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion / Changer )

Connexion à %s